Capotas em Buggies

 

Há muito tempo decidi que buggies não precisam ter capotas! Nunca mais usei uma no meu... Mas é inevitável que este incômodo acessório seja necessário, algumas vezes. E temos recebido tanta correspondência sobre capotas, que decidimos unir um pouco do que já foi falado no forum e no e-grupo e mais algumas coisas retiradas na internet e dos principais fornecedores de matérias primas, para colocar por aqui. Ainda falta muita informação sobre capotas, mas é melhor alguma coisa que nada...

Carlão
buggyman@gmail.com

CAPOTAS DE LONA

A capota mais comum em buggies, é a integral, de lona plástica. Normalmente fixada na armação do parabrisas, com janelas (também chamadas de "sanefas") enroláveis e fechadas com ziper. Opcionalmente, a janela traseira pode ser aberta, também.

O José Carlos (dono do Xodó, um Giant´s) manda fotos e texto explicando como funciona um destes tipos de capota, que permitem o uso do banco traseiro. Clica nas fotos para ver melhor os detalhes...

     
     

Foto 1: Na foto 1 o ponto “A” existe nos dois lados, é uma pequena chapa de ferro com um furo onde é presa a haste (tubo de ferro não sei o diâmetro, mas um serralheiro descobre fácil) através de uma borboleta de inox.

Foto 2: Melhor ângulo :-)

Foto 3: Observe que a haste tem uma pequena curva ponto “B”. A haste TEM que acompanhar as curvas da carroceria. Quando a capota de inverno é retirada, a haste deve descer e encostar na fibra, logo após o encosto do banco traseiro ponto “C”. O ideal é retirá-la para não arranhar o brinquedo.

Foto 4: Aqui o detalhe do zíper, tem que ser o grande, aquele pequeno não agüenta o tranco. O ponto “D” é usado para segurar a janela quando estar aberta. Observe, é um único pedaço, passando na costura da capota, quando a janela é aberta e enrolada as partes do botão (macho e fêmea) se encontram.

As curvas desse tubo o serralheiro consegue fazer fácil, é só medir certinho ele pode ser de inox ou galvanizado. Todos os botões são latonados, não enferrujam, é fácil de manusear e não rasgam a capota.

Leva as fotos para o serralheiro e o capoteiro. Você deve amarrar a haste no santoantonio, pode ser com um barbante grosso para evitar que ela fique cedendo.

Grande abraço
José Carlos


As capotas de lona integrais são bastante comuns em buggies. Feitas com material resistente, janelas de enrolar, normalmente fechadas com ziper, têm vários estilos. Algumas permitem que passageiros possam ocupar o banco traseiro. Outras impedem este acesso. Sobre este tipo de capota, tivemos - e ainda temos - muita discussão no forum e no e-grupo. O consenso é que os plásticos transparentes devem ser 0,60mm de espessura e com tratamento UV, para não amarelar. Entre os fabricantes de material para capota, está a Sansuy, que ficou de mandar alguns dados de seus produtos (estamos esperando...). Em todo lugar tem um tapeceiro que consegue fazer capotas. Mas procure um que já tenha experiência neste trabalho e veja o que já foi feito, para garantia.

Sobre materiais, um jipeiro experiente, que também lida com estes materiais profissionalmente, me falou que o melhor material para capota é o plastificado pela parte interna, também. Os materiais que não tem este tipo de proteção e são utilizados nas capotas marítimas de picapes, tem uma tendência a mofar e fixar o pó em seu interior, causando desconforto e péssima aparência.

Um material mais leve, próprio para toldos, além de ter cores mais atraentes, tem uma melhor utilização, em função desta característica. Pode ser lavado de mangueira, que seca rapidamente. Deu uma dica interessante, também, quanto à costura do material: dupla e com um pouco de cola silicone entre as partes (retirando o excesso posteriormente), para impermeabilizar a costura (se puder ser costura eletrônica - solda - melhor).

As janelas devem ser feitas com o material flexível (tem alguns mais rígidos) e com a maior espessura que conseguir (0,80mm, segundo este jipeiro, é bom). Depois uma outra dica interessante - cuidado ao tentar isto em casa!: passar o material transparente sobre a chama do fogão, para fechar os poros e deixá-la mais transparente e durável - não encarde facilmente. Teste em um pedaço, antes para ver se encolhe (ou se pega fogo!)... O cara que deu a dica (engenheiro da Sansuy), garantiu que funciona!!! Talvez um soprador de ar quente seja mais adequado para fazer isto...

 
Quem usa capotas de lona plástica, já deve ter passado ou visto algo assim: capotas que encolheram e não podem mais serem colocadas no lugar. A solução interessante, proposta pelo Luiz Fernando, está aqui no Planeta!
Durante o verão, há a opção da capota "bikini", ou "de verão". São peças pequenas, sem janelas, apenas para cobrir o espaço do motorista, entre o parabrisas e o santo antônio. Ultimamente, as fábricas tem apresentado uma opção em fibra destas capotas. A foto ao lado, é de um BRM, pertencente ao Marcelo, com a capota "bikini" em material plástico (lona plástica).
Esta outra capota é uma "bikini" feita em fibra de vidro. Esta ainda tem uma peça para cobrir a lateral do santoantônio. (Este buggy é um Caribe )
Uma capota realmente conversível em um buggy!!! Este é o resultado do trabalho de um norteamericano, Jeff, que autorizou a tradução do conteúdo do seu site. Veja em detalhes, clicando na foto ao lado...
Um exemplo de capota com um vidro traseiro - com desembaçador e tudo o mais! - de um Escort XR3 conversível. Veja este buggy M150 em detalhes.
E tem as capotas de fibra... Estas peças parecem ser uma grande vantagem para alguns buggies, mas veja o que o Maricio Rizzotto tem a dizer sobre elas. É um usuário... e clica na foto para conhecer este buggy de corrida!
COM TARGA - Este estilo de buggy, com targa, permite algumas melhorias em termos de capotaria. Como há um elemento estrutural (a targa) de bom tamanho e larga, a capota pode ser feita em duas partes, permitindo um melhor aproveitamento do sistema, já que a capota de verão faz parte da capota integral. O exemplo ao lado, mostra o melhor de dois mundos! Uma capota conversível e uma capota de verão, compõem o conjunto neste Tanger.
Esta capota de verão, foi feita com um material tipo sanduiche - alumínio/silicone/alumínio. Note a abertura lateral, para facilitar a entrada dos "gordinhos"...
Enfim, as opções de capotas para buggies são quase infinitas. Cada modelo vai adaptar-se às condições de uso de seu proprietário. Quantas pessoas carrega, qual o clima de sua região, e outras variáveis é que vão ajudá-lo a definir seu próprio estilo. Converse com outros donos de buggies para saber quais as vantagens e desvantagens de cada um destes tipos e decida-se. Eu já decidi: não tenho capota no Velho´73...
Vai para a página de detalhes na carroceria
O uso deste site e seu conteúdo subentende o conhecimento das "Políticas de Uso"
Apoiando buggueiros desde 1999 - by planetabuggy