De volta para casa...
GLASPAC - O Número 1
atualizado em 30/01/2007
O Buggy Glaspac é considerado pelo Planeta (por mim...) como o "Clássico dos Clássicos". Foi o primeiro buggy construído no Brasil e utilizou, mesmo que copiando, o design revolucionário de Bruce Meyers (saiba mais...), que é cultuado em todo o mundo.

A Glaspac foi criada por Donald Pacey, em 1962, como uma das pioneiras na produção de artigos de fiberglass. Donald é um paulistano que viveu algum tempo na Inglaterra, onde conheceu de perto a utilização deste novo material. Nos primeiros tempos, a Glaspac fabricou peças para onibus e caminhões da Mercedes Benz.

A história da Glaspac nos buggies, ocorreu em 1968, quando um amigo de infância de Donald, Gerry Cunningham chegou da Inglaterra com a idéia de produzir buggies sobre plataforma de fusca, que já haviam desembarcado na ilha bretanha, depois de um rápido sucesso na Califórnia, com a invenção genial de Bruce Meyers. Saiba um pouco mais sobre a história de Donald e Gerry, em uma reportagem da AutoEsporte dos anos 70, clicando aqui.

Existem algumas informações desencontradas sobre a licença que a Glaspac teria tido para copiar o Manx, aqui no Brasil. A Enciclopédia do Automóvel (Editora Abril) fala que houve esta autorização. O Manx Club, em contato através de email, diz que Bruce Meyers não se lembra de ter dado tal autorização. Numa reportagem de AutoEsporte da época (saiba mais...), não se fala em autorização, mas sim que o design é "inspirado" no Manx e no Empi. Este buggy não tem absolutamente nada do Empi! Dizer que o Glaspac não copiou integralmente o Manx II, é forçar um pouco: há uma pequena diferença no capô do buggy e nas laterais esculpidas, mas com efeitos apenas estéticos. A carroceria é absolutamente igual!

Um dos primeiros folders da Glaspac, mostrava as sinaleiras de fusca sobre os paralamas dianteiros. opcionalmente, estas sinaleiras eram substituídas pelas do Jipe, à frente dos paralamas. Estas publicidades de época, mostram o buggy como um carro bem descontraído...

 

A lateral esculpida, que aparece nos anúncio ao lado, somente apareceria em 1972. Até então, a lateral acompanhava o "estilo Manx", sendo uma peça de fibra próxima da carroceria, com grandes abas nos para-lamas e o nome Glaspac (enorme) em alto-relevo, como mostra o folder anterior.

Observe que este anúncio já mostra o buggy sendo fabricado pela Tander Car, com a alteração nos anúncios da Glaspac, o que demonstra que o negócio foi fechado com todos os ativos. A Tander Car também tentou a fabricação de uma picape baseada no buggy, mas não encontrou muito sucesso. Enquanto isso, a Glaspac entrou em mais algumas idéias no ramo automobilístico, com a construção de uma réplica do AC Cobra, uma das melhores feitas no mundo! Mas isto não é assunto para o Planeta...

 


Abaixo, mais um folder da Glaspac/Tander Car.
A seguir, os Glaspac que estão no Planeta:
Em primeiríssimo lugar, claro, o Velho´73! Este é um Glaspac fabricado em 1972 - eu o chamo de 73, pois foi o ano em que comprei ele... - e montado sobre uma plataforma de fusca 1969 - excelente safra de fuscas. Até hoje, permanece com o mesmo assoalho, mesma caixa de marchas, mesmas suspensões. E passou por uma série de reformas que estão detalhadas na página dele, que você pode acessar, clicando na foto ao lado.
   
Este é o modelo mais antigo do Glaspac, um modelo 1971. Repare a saia lateral deste modelo. Acho que é o mais original que está no site, pois ainda mantém até os aros de ferro... Este buggy tem muita história!
   
O "Brucutu" passou por algumas transformações para ficar com um ar mais parecido com o Manx. Também está com um capô dianteiro e uma estrutura de canos mais adequada ao fora-de-estrada, como a gaiola e os protetores laterais.
   
Outro Glaspac bem original. Este pertencia ao Jorge, um argentino radicado em Santa Catarina. Ele cita que é um modelo 1970, mas já tem as saias que foram fabricadas a partir de 1972. A Glaspac vendia estas saias separadamente, o que pode ter acontecido, neste caso.
   
Este buggy estava à venda, em 2002. Não sei se foi vendido, mas gostaria que o novo dono entrasse em contato com o Planeta, para dizer o que está achando deste clássico. Totalmente original, à excessão de uma pequena abertura na traseira, que faz as vezes de um capô. Mas ainda conserva o suporte de placas da Rural Willys!
   
E este é o Glaspac do José Henrique, de Santa Catarina. Um buggy estiloso, que pertence a um clube de carros antigos! Atrás dele, está o Kadron que pertenceu aos Mutantes, na década de 70.
   
Mais um clássico, com pouquíssimas modificações no desenho original...
   
Este pertence ao Sonito, de Viçosa/MG. Tem uma foto da plaqueta da Glaspac!
   
Mais um Glaspac, com profundas alterações de design! confira, clicando na foto...
   
Um Glaspac original, pertencente ao Tato, de São Paulo. Esta cor ficou muito boa neste carro. Se o meu não fosse (eternamente) branco, seria amarelo!
   
Um Glaspac 1970, cujo segundo dono fez uma bela restauração. É mais um Clássico no Planeta!!! dezembro/05
   
Outro Glaspac clássico dos primeiros! Este pertence ao Jair, de Marília e foi restaurado na Fercar, de São Paulo. Entrou no site em maio/06
   
Um Glaspac, cujo proprietário montou-o em 1971, sobre um fusca que tinha comprado zero! Uma relíquia, sem dúvida!
   
Um antigo buggy recuperado da sucata, transformou-se em um clássico! De Floripa, entrou no site em novembro de 2006
   
Mais um Glaspac da Bela e Santa Catarina! Este pertence a um buggueiro que tem mais um BRM na garagem.
 
Volta para os Clássicos do Planeta
[Página Inicial] [Clássicos] [Extintos] [Forum do Planeta]


O uso deste site e seu conteúdo subentende o conhecimento das "Políticas de Uso".
Apoiando buggueiros desde 1999 - by planetabuggy