Ser Buggueiro
inserido no site em 13/03/2005

Muita gente me pergunta o que é ser Bugueiro. É ser piloto de Buggy na praia para turistas? É ter uma gaiola ou um carro de fibra para participar de Rally´s? Ou ainda, possuir um veículo de fibra sobre um velho chassi VW parado a garagem? É fazer trilha pelas dunas nos fins de semana com um carrinho de fibra conversível com três pessoas sentadas na parte traseira do carro?

Para começar, o verdadeiro Bugueiro nunca vê seu Buggy como um investimento, seja ele de qualquer modelo ou estilo: vê como se fosse uma mulher, pela qual se apaixonou um dia. Nada o impede de se apaixonar várias vezes, até que um dia ele descobre que sua paixão não é "aquele Buggy" simplesmente, mas é andar de Buggy.

Um Bugueiro não mede esforços para fazer o que ama e jamais associa dinheiro, ganhos de capital, inflação, etc. à sua paixão.

Ser Bugueiro é cuidar do Buggy que lhe dá prazer, é dar-lhe um banho, é perder horas de seu fim de semana colocando um acessório, ou simplesmente polindo, consertando algo ou tirando a areia. O Bugueiro faz questão de entender o seu amor.

Ser Bugueiro é passar o máximo de tempo possível dentro do seu Buggy, é escolher os passeios, as viagens ou as trilhas mais longas. É chegar e ao invés de voltar, resolver ir mais longe, é rodar, rodar, rodar e querer mais.

Ser Bugueiro é coisa que vem no sangue, não conheço nenhum grande jogador que tenha começado a jogar depois que se estabilizou na vida ou teve dinheiro para comprar um time, todos sem exceção, começaram a se interessar pela bola ao mesmo tempo em que aprenderam a andar. Ser Bugueiro não foge a regra, ninguém vira Bugueiro, a gente nasce Bugueiro.

Ser Bugueiro não é ir para os " points " da moda, no fim de semana, parar o Buggy, ficar a noite inteira contando vantagens de quanto gastou em acessórios e depois voltar para casa.

Ser Bugueiro é rodar com o Buggy, mesmo sem ter ninguém para mostrá-lo.

E com toda certeza os motorista de Buggy para aluguel são muito mais Bugueiros que muitos proprietários de Buggy, porque fazem de sua profissão um lazer.

Uns diriam que ser Bugueiro é uma doença, eu digo que é um caso de amor.

Trinca Toy
marcelo@prudemplast.com.br

Vai para a página do Toy do Marcelo
O uso deste site e seu conteúdo subentende o conhecimento das "Políticas de Uso"
1999/200
5 - by planetabuggy